quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Boleto Falso (Novo golpe na internet)

Todos aqueles que possuem um domínio “.com.br” na internet tem seus dados publicados no site registro.br.

Algumas empresas com más intenções estão a colher esses dados e enviando boletos falsos para os endereços dos responsáveis pelo site. Imagino que muitas pessoas acabam pagando esse boleto achando tratar-se de uma promoção, já que o boleto traz um valor menor que o normal e alega ser “promocional por tempo limitado”.

Recentemente, na secretaria da paróquia Nossa Senhora da Piedade, foi recebido um boleto bancário emitido pela empresa “Registrar.br.com” (sim um endereço semelhante ao endereço oficial que é registro.br) no valor de R$ 135,00. O padre entrou em contato comigo, e eu investiguei sobre o boleto descobrindo se tratar de fraude.

Gostaria de dar algumas dicas para evitar que as pessoas ou as empresas caiam neste golpe.

  • Oo receber algum boleto com data, cores ou valores diferentes (seja para mais, seja para menos), desconfie.
  • Verifique se os dados do envelope são os mesmos constantes do boleto pois geralmente, boletos falsos possuem um endereço diferente do endereço do envelope utilizado para o envio.

  • Geralmente essas empresas escondem-se utilizando-se de Caixas Postais ao invés de publicar seus dados como endereço e telefone. Caso não haja esses dados no envelope tenha um motivo a mais para desconfiar.

  • Alguns desses boletos falsos vem destinados “ao setor financeiro”, assim em grandes empresas onde o setor financeiro pouco contato tem com o setor de informática, as chances do boleto ser pago é ainda maior.

  • Nenhum provedor muda repentinamente o banco responsável pelos boletos sem prévio aviso ao consumidor. Se teu provedor emite boletos para serem pagos num banco X e o boleto chega para ser pago num banco Y, é um motivo a mais para desconfiar.

  • A empresa responsável pelo registro de domínios “com.br” é a que possui o seguinte endereço: “registro.br” – Pelos domínios “.com.br” o valor cobrado é de R$ 30,00 anuais, caso essa cobrança chegue num período menor de 12 meses, ou caso o remetente seja outro, tenha um motivo para desconfiar se tratar de fraude.
Em todos os casos, tenha em mãos o boleto recebido e entre em contato com o seu provedor de serviços para maiores esclarecimentos.

Ao constatar ser um boleto falso há duas coisas que podem ser feitas:

  • Rasgar o boleto.

  • Prestar queixa junto ao Procon ou outro órgão competente e entrar com pedido de indenização e também de punição ao responsável pela fraude.
Em todos os casos, é importante que a informação seja amplamente divulgada para evitar que pessoas desavisadas caiam no golpe e depositem dinheiro na conta de estelionatários.

Um comentário:

  1. Passando só pra dar um oi, queria muito ter o tempo de ler, tenho certeza que está otimo e que a informação ai é de muita necessidade pra todos. Beijo

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails