segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Twitter e Ética pessoal

"Na semana passada, escrevi um artigo explicando um pouco sobre o “Universo Twitter”, hoje gostaria de tocar num assunto de vital importância para aqueles que querem fazer uso desta rede social.

Relembrando o que aconteceu historicamente com o serviço do Orkut; de início as pessoas buscavam amigos com o mesmo interesse, criavam comunidades e debatiam sobre os assuntos que mais lhe agradavam. Hoje o que vemos são comunidades sem nenhum sentido e uma luta fútil para possuir mais amigos (ou, pior ainda, quem possui mais perfis com o nome LOTADO)

Para que não tenhamos o mesmo problema no Twitter, sugiro algumas dicas, que dirijo especialmente aos jovens:

Não siga aleatoriamente diversas pessoas: perfis que seguem milhares de pessoas, passam a impressão que não conseguem ler tudo (E realmente não conseguem. Por experiência própria, sigo apenas 80, e em 3 horas off-line perco muita coisa). Siga apenas as pessoas que tem algum em comum contigo – Utilize a busca para selecionar quem você vai seguir.

Preencha seu perfil: Escreva sua BIO de modo que as pessoas saibam quem é você (Sou fulano, trabalho nisso, e tenho interesse nisso), coloque sua cidade e o site onde as pessoas podem saber mais sobre você, se você não tem um site, nem blog, coloque teu endereço do orkut, do facebook, do flicker, etc.

Escreva corretamente: Embora na internet seja comum abreviações de termos como “vc = você”, “hj = hoje”, evite os abusos; só abrevie essas palavras caso sua mensagem não caiba nos 140 caracteres.

Miguxês: Se uma coisa é abreviar, outra totalmente diferente, que é um explícito atestado de burrice, são as pessoas que escrevem assim: “OieEeE MihIGuxXxXo” A menos que você esteja a falar com uma criança de 3 anos de idade, não utilize-se desse dialeto ridículo.

Se o limite de caracteres existe, respeite-o, caso queira paquerar, ter uma longa conversa, ou querer saber do seu amigo(a) “como estava a balada sábado passado”, utilize o MSN, ICQ, Skype, ou mesmo um chat (Uol por exemplo), mas não faça isso no Twitter, senão você vai encher a página inicial de várias pessoas, com assuntos que não lhes interessam, e vai ver seu número de seguidores diminuir drasticamente.

Não ignore ninguém, mesmo que seja alguém desconhecido, caso falem com você, pelo menos agradeça “Obrigado pela mensagem”, sendo o Twiter uma rede social, seja sociável”; pessoas anti-sociais contrariam totalmente o propósito pelo qual essa ferramenta foi criada.A menos que você seja uma celebridade como o Rubens Barrichello, que recebe mais de 100 mensagens por hora, não será necessário tanto tempo para retribuir a atenção recebida.

Existem muitas outras dicas, que podem ser seguidas, afim de tornar a “twitosfera” mais saudável e agradável, em caso de dúvidas a velha regra do bom senso ainda válida: “Não faça com os outros o que não gostaria que fosse feito contigo.”

Um ótimo final de semana a todos, até a próxima.

Everton do N. Siqueira (@everton2040)

Artigo publicado no jornal A Gazeta Notícias, dia 10 de setembro de 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails